Bilhetes Museus do Vaticano

Uma das mais abrangentes coleções de arte do mundo, apresentada num complexo de várias galerias, os históricos Museus Vaticanos localizam-se junto da Praça de São Pedro. Esta é a localização da icónica Capela Sistina, bem como de uma coleção de obras de arte religiosas desde os tempos antigos até ao presente.

Horário de funcionamento

Como chegar

Viale Vaticano, 00165 Roma RM, Itália

Ao combinar uma visita aos Museus Vaticanos com a Praça de São Pedro e a Basílica, quererá começar cedo, pois esses locais são populares e poderá encontrar uma fila ao entrar na basílica. Pode apanhar o metro para os Museus Vaticanos, saindo em Ottaviano. Os autocarros 40, 62, 64, 81 e o elétrico 19 param lá.

Perguntas frequentes

O que posso ver nos Museus Vaticanos?
Esta é a pièce de résistence das coleções de arte cristãs, englobando tudo desde pinturas do século XII a estátuas gregas, romanas e egípcias, tapeçarias, e esculturas do século XXI. Os terrenos albergam ainda jardins soberbos para sentar-se e disfrutar de um almoço debaixo do sol, a meio da visita às galerias. Muitas pessoas visitam especificamente para ver a Capela Sistina de Miguel Ângelo.
O que é a Capela Sistina?
Esta capela faz parte do Palácio Apostólico, que é a residência oficial do Papa. O icónico artista Miguel Ângelo foi contratado para pintar a capela em 1508, e demorou quatro anos até concluir o trabalho. Pode parecer muito tempo, mas quando vir a capela com os seus próprios olhos, perguntar-se-á como foi sequer possível. A Criação de Adão, que o retrata a tocar o dedo de Deus, é uma imagem imediatamente reconhecível do seu famoso fresco no teto.
Quão grande é o museu?
Existem 54 galerias nos Museus Vaticanos, oferecendo uma visão sobre a arte e a história do mundo cristão. Secções únicas incluem a Galeria dos Mapas, mostrando detalhadas topografias de diferentes zonas de Itália. Os entusiastas de história não perderão a galeria de Antiguidades Gregas e Romanas. Oferece uma visão fascinante sobre os Impérios Grego e Romano.
Existem restrições especiais?
Tal como noutras igrejas, a Basílica de São Pedro e a Capela Sistina têm orientações específicas para vestuário e conduta. O Vaticano em particular, sendo o centro da Igreja Católica Romana, dá ênfase ao respeito por estes locais sagrados. Certamente, não tem de se vestir de maneira formal, mas ombros e joelhos destapados não são permitidos. As áreas principais dos museus não têm esta regra, mas a Capela Sistina sim. Se estiver calor, considere levar calções na sua mala de mão, para trocar depois de ter visitado a capela.

O que deve saber

Pérolas menos conhecidas
Há tanto para ver nos museus, que será perdoado por se sentir um pouco assoberbado no início. A Capela Sistina é imperdível, bem como um passeio pelos jardins para disfrutar da arquitetura única destes edifícios. Muitos visitantes escolhem dar mais atenção à arte antiga, no entanto, as Galerias de Arte dos séculos XIX - XXI são também uma surpresa agradável para todos os entusiastas de arte. Civilizações Pelo Mundo também é excelente para um olhar mais abrangente sobre a Cristandade e mais além.
Uma visita rápida ou um dia inteiro
Apesar de necessitar de reservar um horário de começo para a sua visita aos Museus Vaticanos, pode passar lá tanto tempo quanto desejar. Poderia correr até à Capela Sistina e sair em menos de uma hora, ou passar todo o dia a vaguear pelas galerias. Existem inúmeros lugares fantásticos nos quais quererá parar para apreciar as vistas do Vaticano e em torno de Roma. Encontrar um quarto pequeno e vazio longe das multidões oferecer-lhe-á um momento de descanso.
Os Correios do Vaticano e mais
Se ainda gosta de enviar postais antiquados, faça-o a partir dos Correios do Vaticano. Os seus amigos e família receberão os seus postais com o selo oficial do Vaticano, o que é, sem dúvida, único. O facto de estar, tecnicamente, a entrar noutro país, significa que deve apreciar as diferenças do local. Veja os trajes da Guarda Suíça e admire a maior igreja do mundo, a Basílica de São Pedro. Do topo, terá vistas incomparáveis sobre Roma.

Nas redondezas

Basílica de São Pedro
A catedral do Vaticano é uma bela vista para apreciar, quer como parte de uma peregrinação religiosa pessoal, ou para apreciar mais profundamente a história de Roma. Existe uma enorme riqueza em obras de arte para observar no interior, incluindo o famoso mosaico Navicella, que retrata um barco que simboliza a igreja. Pode marcar uma visita à Necrópole Romana, ou também pagar para subir ao topo da basílica, para ter vistas maravilhosas.
Basílica de São Pedro

St Peter’s Basilica. vvoe / Shutterstock.com

Castelo de Santo Ângelo
Também conhecido como Mausoléu de Adriano, o Castelo de Santo Ângelo alberga o túmulo do Imperador Romano que é conhecido pela marca duradoura que deixou na cidade. Nos dias de hoje, pode visitá-lo e aprender sobre a longa história do castelo. Apreciará também as magníficas vistas sobre o Rio Tibre. Se a cidade estiver alguma vez sob cerco, o Papa pode usar um túnel subterrâneo para escapar para este castelo altamente defendido.
Castelo de Santo Ângelo

Castel Sant’Angelo

Roma Antiga
Uma visita aos Museus Vaticanos estará, quase seguramente, incluída numas férias em Roma. Monumentos a não perder incluem o Coliseu, no qual gladiadores, prisioneiros e animais lutavam até à morte para deleite do Imperador e das multidões. O Fórum Romano era o coração social e comercial da Roma Antiga, e o Circus Maximus era o cenário para emocionantes corridas de carruagens.
Roma Antiga

Ancient Rome