Bilhetes Santa Maria Delle Grazie

Bem escondida no Norte de Itália está a bela cidade de Milão. Visitantes de todo o mundo vão a Milão para ver a igreja de Santa Maria delle Grazie e o convento Dominicano, principalmente para ver a famosa pintura de Leonardo da Vinci, “A Última Ceia”.

Horário de funcionamento

Aberta para visitantes durante a semana no horário seguinte: 10:00h - 12:55h e 15:00h - 17:55h

Vésperas de Serão realizadas de segunda-feira a sexta-feira às 19:00h e ao sábado às 14:00h.

Visitas para 'A Última Ceia' são realizadas de terça-feira a Domingo das 8:15h às 14:45h, e a página web oferece informações atualizadas sobre a admissão e a venda de bilhetes.

Como chegar

Praça de Santa Maria delle Grazie, 20123 Milão MI, Itália

A maioria dos visitantes utiliza a estação de metro Cadorna. A partir da estação central de Milão, vá pela linha verde até Cadorna e caminhe até ao local. Dica de especialista: o elétrico nº 16, que passa junto ao Duomo, para mesmo em frente à igreja, e pode ser mais rápido e mais conveniente. Se não está seguro em relação aos transportes públicos, pode apanhar um táxi até às proximidades do seu destino e caminhar até lá.

Perguntas frequentes

1. O público geral pode ir a celebrações de culto?
Sim. A Santa Maria delle Grazie é uma igreja em funcionamento, que faz parte de um convento Dominicano. A missa sagrada é realizada de segunda-feira a sábado em cinco horários pré-definidos, durante o dia e ao fim da tarde. Existem missas especiais em feriados, incluindo aos Domingos. Espreite a página web para confirmar os horários.
2. Quando é que a igreja foi construída?
O Duque Francesco I Sforza de Milão ordenou a construção da igreja e do convento Dominicano. O arquiteto Guiniforte Solari desenhou o convento, que foi concluído em 1469 - apesar de a construção da igreja ter demorado décadas. O Duque Ludovico Sforza destinou a igreja a ser o local de sepultação da sua família, e reconstruiu o claustro e o abside no ano de 1490.
3. Como é que “A Última Ceia” sobreviveu à II Guerra Mundial?
Durante a noite de 15 de agosto de 1943, a igreja e o convento foram alvo de um bombardeamento aéreo. A parede em que se encontra a famosa pintura tinha sido rodeada de sacos de areia para proteção, e foi uma das poucas paredes que sobreviveu ao bombardeamento. Grande parte do refeitório foi destruído e teve de ser reconstruído após o fim da guerra. Atualmente, existem medidas de preservação contínua de maneira a manter a pintura durante vários séculos.
4. A pintura de Leonardo pertence à igreja?
Não. Neste momento, “A Última Ceia” está pendurada no lado direito da praça no exterior da igreja. Oficialmente, pertence à nação italiana e é designada como uma peça de Museu Nacional. O número de visitantes a cada dia é restrito de maneira a preservar a integridade da pintura. A melhor forma de fazer reservas para ver “A Última Ceia” é na página web oficial da Última Ceia (“Cenacolo Vinciano”).

Coisas que deve saber antes da sua viagem

O Centro Cultural “Alle Grazie”
Anexada à Basílica de Santa Maria delle Grazie está a Sacristia de Bramante, que acolhe o Centro Cultural alle Grazie (centro cultural Dominicano). A missão desta organização é promover valores humanos e cristãos, e o espírito da Ordem Dominicana dos Pregadores. Verifique o calendário de eventos do centro durante a sua estadia em Milão, incluindo palestras, conferências científicas, concertos de música clássica, leituras da bíblia e apresentações de livros.
As sete capelas
À volta da igreja principal, existem sete capelas dedicadas à Virgem das Graças. No século XV, os clãs mais poderosos de Milão ordenaram o patrocínio das capelas, e a evidência duradoura deste patrocínio pode ser observada nos dias de hoje. A Capela de Santa Caterina preserva agora esculturas de Antonello de Messina, e as capelas da Virgem Adorada e da Coroa Sagrada contam com frescos da autoria de Gaudenzio Ferrari. Não perca estas obras de arte históricas durante a sua visita.
A arquitetura de Santa Maria delle Grazie
Este local faz parte do Património Mundial da UNESCO, e serve de tributo à arquitetura e espírito do Renascimento Italiano no norte do país. Localizada na Piazza Santa Maria delle Grazie e Corso Magenta, o convento e a igreja levam-no ao coração de Milão histórico. O interior da igreja é um excelente exemplo do estilo gótico da região, com três navios, abóbadas de nervuras e paredes com tijolos expostos. A alta cúpula mantem o estilo gótico, com a adição de algumas características decorativas Romanescas.

Locais a visitar nas redondezas

Restaurante Pizzeria Cecco
Perto da Santa Maria delle Grazie há sabores italianos com décadas de idade que não quererá perder. Famoso pelas suas pizas, o Restaurante Pizzeria Cecco também oferece pratos tradicionais, como risoto com aspargos e salmão fatiado. Existe até um hambúrguer no menu, com massa como acompanhamento, claro está. Este local é o favorito dos locais, o que é sempre um bom sinal, e está aberto sete dias por semana para o almoço e jantar.
Galleria Vittorio Emanuele II
Um monumento importantíssimo de Milão, este é o centro comercial ativo mais antigo de Itália. O edifício em si é fascinante: uma dupla arcada com quatro andares, mesmo no centro da cidade. A Galleria Vittorio Emanuele III foi desenhada em 1861 e construída entre 1865 e 1867 pelo arquiteto Giuseppe Mengoni. Um bónus extra: se for comprar algumas lembranças, também se encontrará entre dois sítios famosos, a catedral do Duomo e a casa de ópera, Teatro alla Scala.
Galleria Vittorio Emanuele II
Galleria Vittorio Emanuele II
Galeria de Arte Brera
Esta é a principal galeria de arte pública de Milão, com uma grande coleção de pinturas de artistas italianos como Andrea Mantegna, Giovanni Bellini e Raphael, entre outros. A galeria encontra-se no Palazzo Brera, onde também encontrará várias instituições culturais milanesas: a Biblioteca Brera, o Observatório Astronómico, o Jardim Botânico, o Instituto Lombard para a Ciência e a Arte, e a Academia de Belas-Artes. A galeria encerra às segundas-feiras e em feriados.
Galeria de Arte Brera
Brera Art Gallery. Petar Jevtic / Shutterstock.com